Arroz na alimentação.

Sabia que há vários tipos?


O clássico da nossa culinária pode ser preparado de diversas formas, doce ou salgado com várias combinações.


Quanto mais o arroz é processado na indústria de alimentos, mais perda de nutrientes tem.


O arroz integral é mais intacto pela indústria por isso tem bons nutrientes, seu grão mantém a camada de farelo. O arroz parboilizado é descascado e polido, passando por um processo de parboilização na água, fazendo com que os nutrientes dos farelos penetrem no centro do grão. O arroz branco já é um arroz mais processado, por isso tem menos nutrientes.


O arroz pode ser consumido todos os dias, seu sabor neutro o faz combinar com vários alimentos e temperos, após cozido tem uma textura macia e fácil de digerir.


O arroz é uma boa fonte de carboidratos, fornecendo mais energia para o organismo. As fibras presentes ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares e ajuda no funcionamento do intestino.


Tanto o arroz branco quanto o integral são de fácil digestão, não pesa no estômago.


Outros arrozes pouco conhecidos são:


Arroz preto - É um bom antioxidante por possuir compostos fenólicos. Contém um ótimo teor de ferro. Seu gosto é acentuado, pode não agradar certos paladares, há quem o mistura com outros arrozes.


Arroz vermelho - É outra variedade de arroz integral, de grãos vermelhos contendo monocolina, estudos sugerem que esta substância diminui os níveis de colesterol ruim, o LDL.


Arbóreo - Contém alta concentração de amido, bom para risotos. Absorve muito bem os condimentos, e bem usado para o preparo de arroz doce.



Já experimentou todos os tipos?




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo